Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

WikiLeaks: Presidente do Equador diz estar pronto para negociar com Londres e Estocolmo

Lusa

  • 333

Quito, 21 ago (Lusa) -- O Presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou na noite de segunda-feira que está pronto para dialogar com o Reino Unido e com a Suécia para ser encontrada uma solução para o caso de Julian Assange, fundador do WikiLeaks.

"Estamos sempre abertos ao diálogo com os Governos da Grã-Bretanha e da Suécia", disse Correa numa entrevista divulgada na noite de segunda-feira pela televisão pública do Equador ECTV, salientando que foi a "posição intransigente" de Londres e da Suécia que causou a crise.

O Presidente do Equador realçou que o Reino Unido e a Suécia nunca deram a garantia a Julian Assange de que não seria extraditado para os Estados Unidos, onde poderá ser julgado por o seu portal ter divulgado milhares de telegramas norte-americanos confidenciais.