Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

WikiLeaks: Defesa de Assange considera "iniludível" concessão de salvo-conduto britânico

Lusa

  • 333

Santo Domingo, 16 ago (Lusa) - O ex-juiz espanhol Baltasar Garzón considerou hoje "iniludível" que o Reino Unido conceda um salvo-conduto ao fundador do portal WikiLeaks, Julian Assange, reclamado pelas autoridades suecas e refugiado desde julho na Embaixada do Equador em Londres.

Segundo o advogado de Julian Assange, "o Reino Unido vai cumprir com as suas obrigações", depois de o Equador ter dado hoje asilo político ao fundador do portal, que divulgou correspondência diplomática norte-americana comprometedora sobre vários países, incluindo Portugal.

O australiano, de 41 anos, é acusado de abuso sexual na Suécia, onde foi emitido um mandado de extradição.