Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Wikileaks: Bradley Manning condenado a 35 anos de prisão

Lusa

  • 333

Fort Meade, Estados Unidos, 21 ago (Lusa) - O soldado norte-americano Bradley Manning, acusado de entregar documentos secretos ao portal Wikilieaks, foi hoje condenado a 35 anos de prisão e expulsão do exército por um tribunal militar.

Manning, que era analista de dados no Iraque, foi julgado e considerado culpado de violar leis sobre segurança nacional dos Estados Unidos, roubo de informação governamental e abuso de funções, mas foi absolvido da acusação de "ajuda ao inimigo".

JMR // MLL