Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

WikiLeaks: Assembleia Nacional do Equador analisa hoje ameaça britânica para detenção de Assange

Lusa

  • 333

Quito, 16 ago (Lusa) -- A Assembleia Nacional do Equador vai analisar hoje, numa sessão extraordinária, a comunicação enviada pelo Reino Unido, que ameaça invadir a representação diplomática equatoriana para deter o fundador do WikiLeaks Julian Assange.

A sessão sobre a "ameaça insólita e prepotente de invadir a embaixada [do Equador] em Londres" tem início agendado para as 21:00 locais (03:00 de sexta-feira em Lisboa), informou a Assembleia Nacional equatoriana no seu portal da Internet.

O órgão condenou, com base na Constituição do Equador e no respeito pelas relações internacionais, "a ingerência dos Estados nos assuntos internos de outros Estados e qualquer forma de intervenção", considerando as intenções do Reino Unido como uma "ameaça intolerável".