Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vouzela: Portugal não pode "ser um país de muitas cigarras e poucas formigas" - Miguel Macedo

Lusa

  • 333

Vouzela, 23 set (Lusa) - O ministro da Administração Interna (MAI), Miguel Macedo, disse hoje em Campia, Vouzela, que Portugal não pode "ser um país de muitas cigarras e poucas formigas", ao mesmo tempo que enaltecia o "esforço do povo" para ultrapassar a crise.

Ao contrário da informação inicialmente avançada pela Lusa, o ministro disse que o país "não pode ser um país de cigarras" em vez de "não pode continuar a ser um país de cigarras".

Miguel Macedo chegou hoje a Campia, Vouzela, onde inaugurou o novo edifício do destacamento local dos bombeiros, debaixo de assobios e protestos de um grupo de elementos da comissão de luta contra as portagens nas auto-estradas A24, A25 e A23.