Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Portugal: LA-Antarte ameaça correr sob protesto

Lusa

  • 333

Castelo Branco, 15 ago (Lusa) -- O diretor desportivo da LA-Antarte ameaçou hoje correr a Volta a Portugal em bicicleta sob protesto, devido ao facto de a empresa responsável pela cronometragem da prova pertencer ao "responsável de uma equipa que também está a competir".

"Nós só não começámos a participar nesta Volta a Portugal sob protesto a pedido da organização. É inadmissível estarmos a participar numa Volta, que é só a maior competição da modalidade, cuja empresa de quilometragem pertence ao diretor desportivo de uma equipa que também está a competir", acusou Mário Rocha, referindo-se a Carlos Pereira, da Efapel-Glassdrive, proprietário da FullSport, entidade responsável pelas classificações.

Desde a última edição da prova rainha do calendário que as duas equipas arrastam um conflito, provocado por uma polémica contagem de centésimas que entregou a amarela envergada por Hugo Sabido (LA-Antarte), vencedor do prólogo, a Sérgio Ribeiro (Efapel-Glassdrive) no final da 1.ª etapa.