Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Portugal: Fonte, o trabalhador, tornou-se Fonte o vencedor

Lusa

  • 333

Fafe, 18 ago (Lusa) -- O português César Fonte trocou hoje o papel de gregário na Efapel-Glassdrive pelo de vencedor da terceira etapa da 74.ª Volta a Portugal em bicicleta, ficando apenas a 17 segundos da amarela do sul-africano Jay Thomson.

Trabalhador incansável, o jovem de 25 anos, de Viana do Castelo, viu o seu mérito reconhecido com um inédito triunfo na prova rainha do ciclismo português, no final da ligação entre a estreante Vila Nova de Cerveira e Fafe, na distância de 176,1 quilómetros, e a primeira grande vitória na carreira de três épocas, sempre ao serviço de Carlos Pereira.

"Fiquei mais feliz do que se fosse eu, porque o César merece. Tem um sabor especial, primeiro pelo César e depois pela inteligência com que ganhou a etapa. Foi o corredor que mais trabalhou, que mais atacou, e chegou aqui e encheu o peito de ar para ganhar", destacou o diretor desportivo da Efapel-Glassdrive.