Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Portugal: Água vai, água vem

Lusa

  • 333

Viseu, 22 ago (Lusa) -- Tão fundamental como a bicicleta, o equipamento ou a tática, a água e a hidratação são dos segredos mais bem guardados de quem quer ganhar, ou não perder, a Volta a Portugal em bicicleta.

Elemento omnipresente mal o pelotão começa a rolar nas estradas da Volta a Portugal, a água apresenta-se nas suas mais diversas formas: como hidratante, na sua forma natural ou na forma de componente de sumos e bebidas energéticas, como sistema de refrigeração quando o calor aperta ou simplesmente como resultado do esforço da corrida.

Na luta desigual com o esforço e o calor, vale tudo: atirar bidões inteiros pela cabeça abaixo, encher os "cantis" pessoais com oferendas de outros, fazer malabarismos para receber o precioso líquido do carro de apoio e recorrer a colegas para cumprir a função de aguadeiros -- e, por que não, de equilibristas tal é o número de bidões que levam enfiados, contra o corpo, na camisola.