Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Portugal: A Trofa deixou mazelas nos candidatos à geral

Lusa

  • 333

Trofa, 17 ago (Lusa) -- Uma curva estreita e um muro podiam hoje ter comprometido as aspirações de Ricardo Mestre e Nuno Ribeiro à vitória na 74.ª Volta a Portugal em bicicleta, com os dois a saírem com mazelas de uma queda na segunda etapa.

"Não há necessidade de fazer finais de etapa tão apertados. Se é este o espetáculo que querem...", queixou-se Ricardo Mestre, um dos envolvidos numa queda nos últimos dois quilómetros da segunda etapa, que ligou Oliveira do Bairro à Trofa, num total de 191,5 quilómetros, que foi ganha ao "sprint" pelo italiano Francesco Lasca (Caja Rural).

O vencedor em título, que tem uma escoriação num joelho e um hematoma no outro, mas não conhece ainda a gravidade das feridas, não foi o único a apontar defeitos a uns quilómetros finais que mereceram críticas do pelotão, unânime em qualificar a etapa como "perigosa".