Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Portugal: A amarela que ninguém queria ter

Lusa

  • 333

Oliveira do Bairro, 13 ago (Lusa) -- Chegadas ao dia de descanso da 75.ª Volta a Portugal, que acontece hoje, as duas equipas dominantes até ao momento, Efapel-Glassdrive e OFM-Quinta da Lixa, são unânimes em afirmar que não queriam ter a camisola amarela.

"Gostava de estar de amarelo em Viseu, ser líder no dia de descanso não me diz nada", garantiu à Lusa o diretor da Efapel-Glassdrive, que tem Rui Sousa no segundo lugar, com o mesmo tempo do camisola amarela, o espanhol Sergio Pardilla (MTN-Qhubeka).

Carlos Pereira recordou que a Volta só começou há dois dias, na Senhora da Graça, e assumiu que os seus homens estão em boa forma.