Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Itália: Wiggins continua em maré de azar e perde quase minuto e meio

Lusa

  • 333

Pescara, Itália, 10 mai (Lusa) - O britânico Bradley Wiggins (Sky), favorito à vitória final na Volta a Itália em bicicleta, foi hoje a principal "vítima" da sétima etapa da prova, marcada por várias quedas provocadas pelo piso molhado.

Os 177 quilómetros entre Marina di San Salvo e Pescara foram corridos em grande parte sob chuva, o que provocou sucessivas quedas e cortes no grupo de ciclistas, sendo que na descida final Wiggins e o então camisola rosa, o italiano Luca Paolini (Katusha), perderam contacto com o primeiro grupo, cedendo no final 1.24 minutos.

Na frente da corrida, o australiano Adam Hansen (Lotto) venceu isolado, em 4:35.48 horas, 1.07 minutos à frente de um primeiro grupo, em que estava o espanhol Benat Intxausti (Movistar), que passou a ser o novo líder.