Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Volta a Itália: Di Luca voltou a acusar EPO antes da partida da "corsa rosa"

Lusa

  • 333

Ponte di Legno, Itália, 24 mai (Lusa) -- O corredor italiano Danilo Di Luca (Vini Fantini) voltou a ter um controlo antidoping positivo por EPO (eritropoetina) antes de iniciar a Volta a Itália em bicicleta, anunciou hoje a Gazzetta dello Sport, jornal organizador da corrida.

Di Luca, de 37 anos, que já tinha sido condenado por recurso a EPO em 2009, estava sem equipa no início da temporada e assinou um contrato com a Vini Fantini, tendo participado apenas no GP Industria & Artigianato Larciano e na Volta à Toscana, em 27 e 28 de abril.

O resultado positivo de Di Luca, que após 18 etapas ocupava o 26.º lugar do Giro a 33.33 minutos do compatriota Vincenzo Nibali (Astana), decorreu de um controlo inopinado fora de competição feito na casa do corredor, a 29 de abril.