Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vítor Gaspar ganha mais poderes para limitar despesa e "cumprir metas orçamentais"

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 mar (Lusa) -- O ministro das Finanças pode limitar ainda mais a capacidade dos serviços assumirem compromissos e levantarem fundos caso seja necessário para "cumprir as metas orçamentais".

No Decreto-Lei de Execução Orçamental 2013 publicado hoje, que estabelece as regras para a execução do orçamento, o Governo inscreve novas regras que lhe dão a capacidade de limitar ainda mais a capacidade de todas as entidades sujeitas à chamada Lei dos Compromissos e dos Pagamentos em Atraso, de assumirem dívidas.

Na lei, os organismos já tinham de calcular mensalmente os fundos disponíveis, aos quais estava limitada a sua capacidade de assumirem dívidas.