Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vítor Gaspar defende "redução das taxas efetivas" de IRC

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 jan (Lusa) - O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, afirmou hoje que a reforma do Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Coletivas (IRC) pretende alcançar "uma redução efetiva das taxas aplicáveis" às empresas, bem com uma "reavaliação do sistema de benefícios fiscais".

Vítor Gaspar falava na cerimónia de tomada de posse da Comissão de Reforma do IRC, que decorreu hoje em Lisboa, na presença do ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, e do advogado António Lobo Xavier, antigo deputado do CDS-PP na Assembleia da República, que preside a esta Comissão.

O responsável pela pasta das Finanças enumerou as três áreas de intervenção da Comissão que hoje tomou posse, destacando, em primeiro lugar, "a revisão dos regimes de IRC", cujo objetivo é "o alargamento da base tributária e uma redução efetiva das taxas aplicáveis".