Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Violência sectária no centro da Birmânia leva à detenção de 35 pessoas

Lusa

  • 333

Banguecoque, 25 mar (Lusa) -- As autoridades da Birmânia detiveram 35 pessoas no âmbito da violência sectária despoletada na região central do país, que causou 32 mortos e cerca de 10.000 deslocados, informou hoje a imprensa local.

As forças de segurança prenderam 18 birmaneses alegadamente vinculados aos distúrbios em Meiktila, localidade onde foram registados distúrbios desde quarta-feira, alegadamente despoletados por uma discussão entre os donos muçulmanos de uma ourivesaria e clientes budistas, segundo fontes oficiais citadas pelo diário estatal "Nova Luz de Myanmar".

As outras 17 pessoas detidas participaram nos distúrbios registados em Yamethin, a cerca de 60 quilómetros de Meiktila, na noite de sábado, incendiando mesquitas e casas de muçulmanos.