Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Violência entre muçulmanos e budistas na Birmânia já causou 43 mortos -- novo balanço

Lusa

  • 333

Rangum, 30 mar (Lusa) -- O número de mortos causados pela vaga de violência sectária despoletada há cerca de dez dias no centro da Birmânia foi elevado para 43, com mais de 1.300 casas e edifícios destruídos, informou hoje a imprensa estatal.

De acordo com o Jornal New Light of Myanmar, citado pela AFP, 68 pessoas foram presas no âmbito dos distúrbios que opõem muçulmanos e budistas e que provocaram 11.376 deslocados.

No total foram reportados 163 incidentes violentos em 15 localidades.