Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vindimas com atraso no Douro mas com boas perspetivas de produção

Lusa

  • 333

Vila Real, 03 set (Lusa) -- As vindimas no Douro estão atrasadas cerca de uma semana a 10 dias devido à primavera fria que se refletiu negativamente no crescimento da videira, mas prevê-se para este ano um ligeiro aumento na produção.

Em 2013, o corte das uvas na mais antiga região demarcada do mundo está a iniciar-se um pouco mais tarde comparativamente com o ano passado, e os enólogos e responsáveis pela área vitivinícola justificam este facto com as baixas temperaturas que se sentiram em abril e maio e atrasaram o ciclo vegetativo da videira.

Pelas vinhas vão-se fazendo, neste momento, os controlos de maturação e provas de bagos, enquanto todas as atenções estão centradas na meteorologia que pode, ainda, condicionar todo o processo.