Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vice-primeiro-ministro diz que estaleiros de Viana do Castelo vão entrar em "nova fase da sua vida"

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 nov (Lusa) - O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, considerou hoje que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) vão agora entrar numa nova fase da sua vida, sublinhando que a alternativa era fechar a empresa.

Questionado sobre a notícia que os mais de 600 trabalhadores dos ENVC vão ser despedidos até janeiro, no âmbito da adjudicação à Martifer da subconcessão dos terrenos e infraestruturas dos estaleiros, Paulo Portas recordou que esta foi a solução encontrada para os viabilizar.

"Houve dois Governos socialistas em Portugal que quiseram fechar os estaleiros de Viana do Castelo, houve dois Governos de centro-direita em Portugal que procuraram encontrar soluções para viabilizar os estaleiros de Viana do Castelo", disse o vice-primeiro-ministro, que falava aos jornalistas durante uma conferência de imprensa com o vice-presidente da comissão europeia Antonio Tajani.