Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vice-presidente da Venezuela diz que há conspiração da direita para atentar contra a sua vida

Lusa

  • 333

Caracas, 23 jan (Lusa) - O vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apontou hoje a existência de uma alegada conspiração da direita venezuelana para atentar contra a sua vida e a do presidente da Assembleia Nacional (parlamento), Diosdado Cabello.

"Os inimigos da pátria quiseram utilizar as circunstâncias que vivemos para tentar causar danos ao nosso país e à vida social do povo", disse Maduro, afirmando que a resposta aos alegados conspiradores deve ser dada "com serenidade, com segurança, com confiança e com contundência", disse.

"Não se surpreendam com as ações que tomaremos nas próximas horas e nos próximos dias e não venham pedir perdão, os criminosos que se infiltram no nosso país", avisou.