Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Veredicto final" sobre futuro da marca portuguesa Throttleman a 5 de fevereiro - Administrador

Lusa

  • 333

Porto, 16 jan (Lusa) -- O administrador de insolvência da Throttleman, cujos credores estiveram hoje reunidos para discutir o plano de recuperação da marca portuguesa de vestuário, reiterou hoje estar convicto da viabilidade da marca, mas remeteu o "veredicto final" para 05 de fevereiro.

"Estou convicto de que há condições para que o plano [de recuperação] venha a ser aprovado", afirmou Luís Gomes em declarações à agência Lusa, adiantando que "no dia 25 de janeiro terminam formalmente as negociações" com os credores, decorrendo depois um prazo de 10 dias para que estes possam votar o plano.

"Dia 5 [de fevereiro] é o veredicto final. Se o plano for aprovado irei enviá-lo para o tribunal [de Santo Tirso] que terá, depois, um prazo de cinco dias para o homologar", acrescentou.