Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuelana quer mais funcionários que falem português devido à entrada no Mercosul

Lusa

Anzoátegui, Venezuela (Lusa) - A entrada da Venezuela no Mercado Comum do Sul (Mercosul), está a fazer aumentar as oportunidades profissionais para os venezuelanos que falem a língua portuguesa, revelou hoje o governador do Estado venezuelano de Anzoátegui (350 quilómetros a leste de Caracas).

"Temos interesse em abrir um curso de português, aqui na Governação, para os funcionários, pela relação que vamos ter com o Mercosul", disse Aristóbulo Isturiz,

Em declarações à Agência Lusa, o governador explicou que a entrada da Venezuela no Mercosul potencia tantos as oportunidades de investimento locais, como as oportunidades profissionais para quem domine a língua portuguesa.