Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: Sede do partido da oposição foi atacada e material eleitoral destruído

Lusa

  • 333

Caracas, 02 ago (Lusa) - Cerca de três centenas de alegados simpatizantes do presidente venezuelano, Hugo Chávez, entraram de surpresa na sede do partido Avançada Progressista (AP), da oposição, destruíram material eleitoral e agrediram algumas pessoas que aí se encontravam.

Em comunicado, o partido AP denunciou que o ataque foi "dirigido pelo ativista do Partido Socialista Unido da Venezuela (de Hugo Chávez), Gersón Pérez", acompanhado por dois funcionários da Polícia Nacional Bolivariana.

"A Avançada Progressista responsabiliza por este ataque o Governo nacional e alerta o país para o início de uma escalada de violência em resposta desesperada ao avanço nas preferências eleitorais do candidato da mudança, Henrique Capriles Radonski", às presidenciais de 07 de outubro.