Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: Portugueses impedidos de ver estabelecimentos destruídos pela explosão em refinaria

Lusa

  • 333

Caracas, 27 ago (Lusa) - Portugueses proprietários de estabelecimentos comerciais que no sábado foram destruídos pela explosão de uma refinaria, na Venezuela, tentaram hoje aproximar-se do local mas foram barrados pela Guarda Nacional (polícia militar).

"Desta vez estive mais perto do que antes, mas a Guarda Nacional apercebeu-se que estava a tentar passar e impediu-me de avançar", explicou telefonicamente à Agência Lusa, um dos portugueses afetados.

O imigrante adiantou que continua a sair da refinaria uma "nuvem de fumo e chamas" e que o papel l da Guarda Nacional é mesmo impedir que as pessoas cheguem à zona, no sentido de proteger as suas vidas.