Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: ONG reportam assassinato de 65 sindicalistas entre janeiro e setembro

Lusa

  • 333

Caracas, 22 set (Lusa) - Um total de 65 sindicalistas foi assassinado na Venezuela entre janeiro e setembro deste ano, sendo o setor da construção o mais afetado, segundo um relatório divulgado na sexta-feira por organizações não governamentais (ONG).

"Neste período registaram-se 65 assassinatos de sindicalistas", refere o relatório das ONG Observatório Venezuelano de Conflitualidade Social (OVCS) e Conflictove.org.ve.

O documento adverte um "aumento dos conflitos laborais, que representam 40 por cento da conflitualidade venezuelana".