Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: Mais de 300 presos morreram nas cadeias no primeiro semestre

Lusa

  • 333

Caracas, 14 ago (Lusa) - Pelo menos 304 presos morreram nas cadeias venezuelanas no primeiro semestre do ano e outros 527 foram feridos em motins e confrontos internos, segundo dados divulgados na segunda-feira pelo Observatório Venezuelano de Prisões (OVP).

Segundo o diretor desta organização não governamental, Humberto Prado, os casos de assassinatos nas prisões da Venezuela aumentaram 15 por cento face a igual período do ano passado, o que revela "que as políticas do Estado e o trabalho que realizou não estão focados em salvaguardar a vida das pessoas privadas de liberdade".

Os dados do OVP foram divulgados no mesmo dia em que familiares de cidadãos detidos denunciaram, em conferência de imprensa, que pelo menos 650 presos teriam sido maltratados pelas autoridades prisionais, alguns dos quais golpeados com "tábuas e tubos" e atacados com tiros de borracha que lhes causaram diversas lesões.