Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela expulsa segundo adido militar da embaixada dos EUA

Lusa

  • 333

Caracas, 05 mar (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros venezuelano, Elías Jaua, anunciou hoje a expulsão de um segundo adido militar da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, que foi declarado "persona non grata" e tem um prazo de 24 horas para sair da Venezuela.

"David Kostal também foi declarado 'persona non grata', juntamente com David del Monaco, e têm 24 horas para abandonar o território soberano e independente da República Bolivariana da Venezuela", declarou Elías Jaua a media estatais venezuelanos.

O vice-presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, tinha anteriormente anunciado a expulsão do adido militar, para questões da força aérea, David del Monaco, referindo uma investigação que o relacionava com uma alegada conspiração contra o governo venezuelano.