Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: EUA consideram "muito lamentável" Caracas abandonar Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Lusa

  • 333

Washington, 26 jul (Lusa) -- A Venezuela irá enviar uma mensagem "muito lamentável" sobre o seu compromisso com os Direitos Humanos e a democracia se cumprir a ameaça de abandonar a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, defendeu o Governo norte-americano.

"Na nossa perspetiva, a Venezuela estará a enviar uma mensagem muito lamentável sobre o seu compromisso com os Direitos Humanos e com a democracia, particularmente aos seus vizinhos, se se afastar da Comissão Interamericana de Direitos Humanos", afirmou a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, no encontro diário com a imprensa.

A mesma porta-voz salientou que a comissão "é um órgão muito respeitado, independente e autónomo" da Organização dos Estados Americanos e uma eventual saída da Venezuela irá prejudicar, sobretudo, aqueles que lutam internamente pelos seus direitos democráticos.