Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela defende pedido de desculpa de países europeus à Bolívia

Lusa

  • 333

Caracas, 10 jul (Lusa) -- O Governo venezuelano congratulou-se com a postura "firme" da Organização de Estados Americanos (OEA) que condenou o incidente na Europa com o Presidente boliviano, Evo Morales, e reiterou a necessidade de um pedido de desculpa dos países europeus.

"Saudamos a posição firme de toda a América Latina e Caraíbas na OEA e continuamos a exigir um pedido de desculpa público dos governos de Portugal, França, Espanha e Itália ao Presidente Evo Morales e ao povo boliviano, é o mínimo", disse na terça-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros venezuelano, Elías Jaua, em entrevista ao canal Telesur.

Para Jaua, nenhum destes países europeus "apresentou uma justificação clara, pelo contrário, apresentaram argumentos absolutamente infantis".