Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela condena espionagem dos EUA e mantém as relações "congeladas"

Lusa

  • 333

Caracas, 05 nov (Lusa) - A Venezuela condenou as ações de espionagem dos Estados Unidos a membros do Governo venezuelano e anunciou que manterá "congeladas" as conversas para restaurar as relações diplomáticas bilaterais devido à ingerência norte-americana.

"É inaceitável que nos espiem, a nós e a qualquer Governo do mundo. Para nós não é uma surpresa, nós sabemos que é precisamente (a espionagem) parte dos problemas nas relações entre a Venezuela e os Estados Unidos", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros, Elías Jaúa.

O ministro falava na Cidade de México durante uma conferência de imprensa após um encontro com o seu homólogo mexicano, António Meade, durante o qual ambos responsáveis chegaram a um acordo para que uma Comissão Binacional de Cooperação se reúna no primeiro trimestre de 2014 para avançar na cooperação comercial entre ambos países.