Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela adverte os especuladores com "cela fria" e até 14 anos de prisão

Lusa

Caracas, 07 fev (Lusa) - O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, voltou hoje a instar os empresários a cumprirem a nova Lei de Preços Justos, ao mesmo tempo que advertiu os especuladores com uma "cela fria" e penas até 14 anos de prisão.

"Aumentaram as penas (de prisão) até 14 anos, sem atenuantes de qualquer tipo. Você escolhe se prefere uma cela fria (...) ou trabalhar e respeitar o povo venezuelano e as leis", disse.

Nicolás Maduro falava no palácio presidencial de Miraflores, durante um Conselho de Ministros, em que recordou ter estabelecido segunda-feira, 10 de fevereiro, como data limite para que os comerciantes ajustem os produtos segundo a nova lei.