Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vendas em 2ª mão são aposta na Internet, mas consumidores devem acautelar-se

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 de abr (Lusa) -- A comercialização de produtos em segunda mão em 'sites' e redes sociais tornou-se uma aposta de negócio atual, situação que preocupa a Associação Portuguesa de Direito do Consumo (APDC) devido à falta de segurança 'online'.

O mercado em segunda mão 'online', "não confinado exclusivamente ao vestuário", é hoje em dia uma realidade e "parece que excita tanto aqueles que vendem o usado, como aqueles que o compram", declarou à agência Lusa o presidente daquela associação, Mário Frota.

No entanto, alertou, esta realidade necessita de uma precaução extra, até porque "qualquer compra feita à distância é sempre menos ponderada".