Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Velejadores queixam-se de falta de verbas, federação subscreve e acusa IPDJ

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 mai (Lusa) -- Os velejadores olímpicos portugueses queixam-se da falta de verbas para preparar o Rio2016 e lamentam a "época perdida", a federação subscreve as críticas e responsabiliza o Estado, questionando a utilidade do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

"A época desportiva acaba daqui a três meses. Não há milagres. Espero que a partir de agora as coisas entrem na normalidade. Precisamos saber com o que contamos. O pior ano é este, o primeiro. Estamos ainda a pensar o que vai acontecer, o que devia estar pensado desde que acabou Londres2012", diz José Leandro, presidente da Federação Portuguesa de Vela, em declarações à agência Lusa.

Em causa, está o facto de o Estado/IPDJ ainda não ter assinado os contratos programa com as federações para o Rio de Janeiro2016, pelo que estas continuam a receber em duodécimos e sem saber com que verbas podem contar para a competição/preparação, facto que lhes "dificulta imenso" a gestão.