Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vaticano: Prolongada "por uns dias" detenção provisória do mordomo do Papa

Lusa

  • 333

Cidade do Vaticano, 12 jul (Lusa) -- As autoridades judiciais do Vaticano decidiram prolongar "por mais uns dias" a detenção do mordomo do papa Bento XVI, detido desde maio por suspeita de furto de documentos confidenciais, anunciou o porta-voz do Vaticano.

O juiz "ainda precisa de recolher alguns testemunhos e isso acontecerá nos próximos dias", disse Federico Lombardi à imprensa.

Depois, explicou, o mordomo será formalmente interrogado mais uma vez, o que deverá ocorrer nos próximos 10 dias, e ficará concluída esta primeira fase da investigação.