Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vaticano: Mordomo do papa e outro funcionário processados por roubo e divulgação de documentos secretos

Lusa

  • 333

Cidade do Vaticano, 13 ago (Lusa) -- O mordomo do papa Bento XVI, o italiano Paolo Gabriele, e outro funcionário do Vaticano vão ser processados pelo roubo e divulgação de documentos secretos da Santa Sé, foi hoje divulgado

A decisão foi do juiz instrutor do Tribunal do Estado do Vaticano, Piero Antonio Bonnet.

Além de Paolo Gabriele, de 46 anos, acusado de "roubo agravado", o juiz acusa o cidadão italiano Cláudio Sciarpelleti, de 48 anos, funcionário da Secretaria de Estado do Vaticano, de "ter colaborado e favorecido o roubo agravado e a violação de sigilo".