Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vale e Azevedo: Antigo presidente do Benfica começa a ser julgado hoje por alegado peculato de 4 ME

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 set (Lusa) - João Vale e Azevedo, que presidiu ao Benfica entre 1997 e 2000, começa hoje a ser julgado pelos crimes de peculato de quatro milhões de euros do clube, de branqueamento de capitais, de falsificação de documentos e abuso de confiança.

A primeira audiência, sem a presença de Vale e Azevedo, a aguardar em Londres a decisão do processo de extradição para Portugal, está agendada para as 09:30, na 3.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa, no Campus da Justiça.

Presidente do Benfica de 03 de novembro de 1997 a 31 de outubro de 2000, Vale e Azevedo está indiciado de alegada apropriação indevida de quatro milhões de euros resultantes das transferências dos futebolistas Scott Minto, Gary Charles, Amaral e Tahar el Khalej.