Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Valadares: Trabalhadores concentra-se junto à cerâmica para reivindicar ordenados de maio e julho em atraso

Lusa

  • 333

Valadares, Gaia 07 ago (Lusa) -- Mais de 50 trabalhadores da Cerâmica de Valadares (Gaia) concentraram-se hoje à porta daquela fábrica para reivindicar o pagamento dos ordenados dos meses de maio e julho e ainda o subsídio de férias.

Os trabalhadores regressam à concentração quarta-feira, pelas 09:30, para um "bloqueio simbólico" à porta da empresa até que a administração "dê a cara" e pague os ordenados em atraso, adiantou à Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores da Cerâmica de Valadares, Daniel Gonçalves.

Segundo o coordenador da Comissão de Trabalhadores da Cerâmica de Valadares, para além de o mês de maio não ter sido pago até hoje, o mês de julho - abrangido pela medida de 'layoff' -- e o subsídio de férias não foram pagos.