Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Valadares: Mais de cem trabalhadores protestaram em frente ao Ministério da Segurança Social

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 set (Lusa) - Mais de uma centena de trabalhadores da Cerâmica de Valadares protestaram hoje em frente ao Ministério da Segurança Social, em Lisboa, onde decorreu uma reunião que deixou os representantes dos funcionários "insatisfeitos" e "sem resposta".

Desde o início da tarde de hoje que mais de uma centena de trabalhadores da Cerâmica de Valadares estão concentrados em frente ao Ministério da Solidariedade e Segurança Social em protesto contra os salários em atraso e a exigir que a administração da empresa seja responsabilizada por irregularidades com a Segurança Social.

"Exigimos que o Governo criminalize a administração da Valadares por utilização indevida de dinheiros públicos e que não foram entregues à Segurança Social", afirmou a coordenadora da Federação Portuguesa dos Sindicatos da Construção, Cerâmica e Vidro (FEVICOM), Fátima Messias, sublinhando que a empresa deve à tutela mais de 5 milhões de euros.