Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vaga de carteiristas levou ao encerramento temporário do museu do Louvre

Lusa

  • 333

Paris, 10 abr (Lusa) -- O Louvre, em Paris, encerrou hoje temporariamente as portas na sequência de uma greve de funcionários provocada por inúmeros roubos praticados por grupos organizados de carteiristas, por vezes violentos, dentro das instalações do museu.

O encerramento do Louvre, o principal museu de Paris e um dos maiores a nível mundial, foi divulgado hoje à tarde pelas agências internacionais.

Momentos mais tarde, uma representante sindical, Christelle Guyader, indicou, em declarações à agência francesa AFP, que o Louvre vai reabrir portas na quinta-feira, após a administração do equipamento cultural ter concordado estabelecer um conjunto de medidas e reforçar a presença da polícia junto das instalações do museu.