Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Utentes da Via do Infante vão pedir reuniões com urgência a autarquias e Turismo do Algarve

Lusa

  • 333

Faro, 29 out (Lusa) -- A Comissão de Utentes da Via do Infante anunciou hoje que vai pedir reuniões com autarquias e o Turismo do Algarve para debater a paragem das obras na Estrada Nacional 125 e o cancelamento de lanços que estavam previstos.

Em comunicado, a Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI) refere que pretende analisar com a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), o Turismo do Algarve e as Câmaras de Lagos, Olhão, Tavira, Faro e S. Brás de Alportel a suspensão de vários lanços e a paragem das obras de requalificação daquela estrada.

A Estradas de Portugal acordou no início do mês com a subconcessionária Rotas do Algarve Litoral, responsável pela requalificação da EN125, uma redução de 155 milhões de euros ao contrato inicialmente previsto.