Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Utentes criticam greve do metro e apelam ao luto como forma de protesto

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 mai (Lusa) -- O Movimento dos Utentes do Metropolitano de Lisboa (MUML) criticou hoje a greve do metro convocada para quinta-feira e apelou ao luto na sexta-feira como forma de protesto.

"Quanto aos utentes, no dia 31 devem vestir uma peça de roupa preta em protesto por estarem a ser roubados, no bolso e nos direitos, por quem presta um mau serviço", apelou o MUML num comunicado hoje divulgado.

No texto, o movimento considera que o metro é um transporte "cada vez mais deficitário: menos carruagens, mais tempo de espera, menos velocidade e um brutal tarifário".