Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Uso de armas químicas no conflito sírio seria um crime ultrajante -- Ban Ki-moon

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 20 mar (Lusa) -- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou na terça-feira que continua "convencido de que o uso de armas químicas por qualquer parte [na Síria], em qualquer circunstância, constituiria um crime ultrajante".

O comentário surgiu depois de o Governo sírio e de os rebeldes terem trocado acusações na terça-feira sobre o uso de armas químicas pela primeira vez em dois anos de conflito no país.

Ban Ki-moon e o diretor geral da Organização para a Proibição de Armas Químicas, Ahmet Uzumcu, "partilham uma profunda preocupação em relação ao alegado uso de armas químicas na Síria", referem as Nações Unidas em comunicado divulgado depois de os dois responsáveis terem discutido o assunto.