Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

USADA acusa Armstrong de envolvimento do caso de dopagem "mais sofisticado" da história

Lusa

  • 333

Washington, 10 out (Lusa) -- A Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA) garantiu hoje deter provas "esmagadoras" de que o antigo ciclista Lance Armstrong esteve envolvido no caso de dopagem mais "sofisticado" da história, para ganhar sete edições do Tour.

Em comunicado, a USADA escreveu que a equipa US Postal, ao serviço da qual o norte-americano venceu sete edições da Volta a França, um recorde, montou "o programa de dopagem mais sofisticado, profissional e conseguido jamais visto na história do desporto".

As provas são "esmagadoras" e representam mais de 1.000 páginas, com testemunhos de 26 pessoas, incluindo 15 corredores "com conhecimento das atividades dopantes no seio da US Postal", precisou o presidente da USADA, Travis T. Tygart.