Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

URGENTE/Afonso Dhlakama garante que não vai voltar à guerra em Moçambique

Lusa

  • 333

Gorongosa, Moçambique, 10 abr (Lusa) -- O líder do principal partido da oposição moçambicana, Renamo, Afonso Dhlakama, garantiu hoje em entrevista à agência Lusa que não vai voltar à guerra, mas advertiu o Governo que se se sentir atacado, atacará.

"Nunca vai haver mais guerra, mas não estou nada satisfeito com a situação e é preciso que sejam resolvidos rapidamente os problemas pendentes", nomeadamente a composição dos órgãos eleitorais, que a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) contesta.

Dhlakama disse ainda à Lusa que estão a ocorrer contactos com o Presidente moçambicano, Armando Guebuza, intermediados por um académico moçambicano, na sequência dos ataques da semana passada, que provocaram pelo menos oito mortos.