Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Universidades: Minho admite "redução adicional de pessoal" - reitor

Lusa

  • 333

Braga, 09 nov (Lusa) - O reitor da Universidade do Minho (UMinho), António Cunha, admitiu hoje que aquela academia poderá ser forçada a "uma redução adicional de pessoal" se o Governo mantiver o anunciado corte de 4,5 milhões de euros no financiamento para 2013.

"A situação é dramática", referiu António Cunha, numa declaração pública à academia, em que leu um comunicado conjunto dos reitores das universidades públicas de todo o país.

Além da redução de pessoal, o reitor da UMinho admitiu outras medidas, como a redução do horário de funcionamento da biblioteca, que poderá deixar de estar aberta à noite, o horário de funcionamento mais curto das cantinas ou a diminuição das condições de conforto, com cortes no aquecimento.