Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Universidade sul-africana Nelson Mandela acusada de discriminar cegos

Lusa

  • 333

Port Elizabeth, África do Sul, 01 nov (Lusa) - A universidade Nelson Mandela, na África do Sul, está a ser acusada de discriminação por ter recusado admissão a três alunos por serem cegos.

A recusa da Universidade Metropolitana Nelson Mandela, localizada na cidade costeira de Port Elizabeth, foi justificada pela falta de "instalações adequadas" para atender às necessidades dos três alunos.

A porta-voz da instituição, Roslyn Baartjes, disse à agência France Presse que a universidade "não concede acesso a estudantes completamente cegos porque não tem os recursos necessários para os ajudar".