Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Única câmara do CDS abdica de um milhão de euros de impostos em 2014

Lusa

  • 333

Ponte de Lima, 21 jun (Lusa) - A Câmara de Ponte de Lima vai abdicar de cobrar, em 2014, mais de um milhão de euros de impostos municipais, opção que para o único autarca eleito pelo CDS-PP servirá para "dar liquidez" a empresas e cidadãos.

"Temos tido essa disponibilidade financeira para o fazer e enquanto for possível vamos continuar. Entendemos que devemos colocar essa disponibilidade, que resulta da gestão do município, à disposição dos cidadãos e das empresas", disse à Lusa o presidente da Câmara de Ponte de Lima, Victor Mendes.

Em causa estão várias medidas tomadas por aquele executivo já este mês, na sequência de decisões semelhantes nos últimos anos, como a isenção dos 5% do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), que podem ser cobrados pelos municípios. Só esta medida representa a perda, de acordo com as previsões feitas para o ano de 2013, de quase 650 mil euros de receitas.