Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

União Europeia de Rádio e Televisão contra fim do serviço público grego

Lusa

  • 333

Redação, 11 jun (Lusa) -- A União Europeia de Rádio e Televisão (UER) solicitou hoje ao Governo grego que anulasse a sua decisão de encerrar as cadeias públicas de rádio e televisão ERT.

O presidente da UER, Jean-Paul Philippot, e a sua diretora-geral, Ingrid Deltenre, escreveram ao primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, para lhe solicitar "que use todos os seus poderes para anular imediatamente esta decisão", indica a UER, em comunicado.

As cadeias da ERT deixaram de emitir hoje às 23:00 (21:00 de Lisboa) e os écrans ficaram negros, com o emissor principal, situado numa montanha perto de Atenas, a ser desativado pela polícia, segundo fonte sindical.