Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

União Europeia condena "atos terroristas" na central de gás na Argélia

Lusa

  • 333

Bruxelas, 20 jan (Lusa) -- O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, condenou hoje os "atos atrozes de terroristas" na central de gás de Amenas (Argélia) e expressou as suas condolências às famílias das vítimas.

A crise dos reféns que começou quarta-feira naquelas instalações de gás no sudeste do país, terminou sábado com a morte dos últimos sete reféns estrangeiros.

No final do ataque lançado pelas forças especiais contra os sequestradores, um funcionário do Ministério do Interior disse que um balanço provisório aponta para a morte de 23 civis e 32 terroristas, sem especificar as nacionalidades das vítimas.