Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Um quarto dos doentes que morreram em 2011 tinha infeção hospitalar - relatório

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 out (Lusa) -- Um quarto dos doentes que morreram em 2011 tinha uma infeção hospitalar, mas "é impossível" saber quantos morreram por terem sido infetados, segundo dados hoje divulgados pela Direção Geral da Saúde.

De acordo com o relatório "Portugal -- Controlo de Infeções e Resistência aos Antimicrobianos", em 2011 registaram-se 11.357 mortes associadas à infeção hospitalar, o que representa 24,30 por cento dos 46.733 óbitos ocorridos por todas as doenças.

O relatório ressalva que "não é possível conhecer a medida exata de mortalidade associada à infeção hospitalar".