Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Um morto em manifestação da oposição no Camboja

Lusa

  • 333

Banguecoque, 16 set (Lusa) -- Uma pessoa morreu no Camboja e várias outras ficaram feridas em confrontos entre a polícia e apoiantes da oposição que se manifestaram para denunciar supostas irregularidades nas passadas eleições, revelou hoje a imprensa local.

Mao Chan, de 29 anos, morreu na noite de domingo com um tiro na cabeça num bairro do sul de Phnom Penh, quando um grupo de manifestantes enfrentava a polícia com pedras, com as forças de segurança a responderem com gás lacrimogéneo e tiros para o ar, segundo o "Cambodia Daily".

Pelo menos outras três pessoas foram feridas com tiros, revela um vídio publicado no portal Youtube e que terá sido gravado num centro de saúde da capital e onde era possível ver outros feridos.